Pensamento positivo: use e abuse, sem contraindicações

Bem estar

Hoje nós trouxemos um artigo sobre ciências, sim, isso mesmo. Vamos mostrar para você todas as vantagens do pensamento positivo e seus impactos incríveis no nosso dia a dia. 

Tem mais, também vamos passar alguns exercícios para você praticar o pensamento positivo e colher os resultados já nas primeiras três semanas. 

Mais do que um artigo motivacional, hoje trouxemos dicas e conselhos embasados pela ciência.

E aí, vamos cair de cabeça no pensamento positivo? 

Vem ver de perto.

Pensamento positivo: você tem liberdade para sentir o que quiser

A primeira coisa que precisa ficar clara em relação ao pensamento positivo é que ele não é um limitador na sua vida. Ou seja, não deixe que a positividade seja uma barreira te impedindo de vivenciar outras sensações que também são importantes em determinados momentos.

Por exemplo: você viveu um término de relacionamento, ou está distante de pessoas queridas, ou viu alguém que ama muito partir; são todos casos que precisam ser vivenciados a sério. 

Contudo, pensar positivamente significa encontrar conforto até mesmo na perda. Entender os acontecimentos no contexto geral e se distanciar de uma sensação negativa para poder olhar para ela sem julgamentos.

Parece confuso e filosófico demais? Calma que vai ficar simples. Você vai ver.

O que a sabedoria antiga fala sobre o pensamento positivo

Independente de qual seja a sua crença, temos certeza que quando falamos sobre pensamento positivo podemos aprender algumas coisas com duas filosofias antigas: o budismo e o estoicismo. 

As duas falam sobre o conceito da impermanência: nada dura para sempre, e nada é permanente, tudo está em constante transformação. 

Esse pensamento, embora simples, é muito poderoso. Por exemplo, se você estiver vivendo uma situação difícil, pode recorrer ao pensamento “nada é permanente, esse momento vai passar, tudo muda o tempo todo”. E pensar de forma positiva e pacífica sobre aquela situação. 

As ferramentas do pensamento positivo

Ainda usando como base as lições do budismo e do estoicismo, vamos falar agora sobre três ferramentas importantes para manter o pensamento positivo. Uma delas parece um tanto assustadora, mas você vai ver na explicação que faz todo o sentido.

As ferramentas são:

  • Amor Fati
  • Não devo me ocupar do que eu não controlo
  • Devo me lembrar que um dia eu vou morrer

Vejamos as explicações:

O Amor Fati é o amor pelo amor. Amo, pois estou vivo e sou capaz de amar. Você precisa amar a sua vida e os eventos da sua vida apenas por que eles existem e fazem parte dela. Sua vida é única e irrepetível. Cada evento da sua vida acontecerá do modo como acontece apenas uma vez. 

Mesmo que o dia seguinte pareça muito com o anterior, ele não é idêntico. Assim como o próximo também não será. Então ame a sua vida por ela ser como é. Irrepetível. 

Não devo me ocupar do que eu não controlo, para as coisas que estão sob o meu controle ofereço dedicação total, para as que eu não controlo, ofereço paciência. Essa visão de mundo faz com que você deixe de se debater com o seu dia a dia.

Se você perder uma vaga e tiver que estacionar na chuva, se o trânsito surgir, se uma pessoa desmarcar um compromisso. Todas essas coisas estão fora do seu controle. 

E a última ferramenta nos serve para colocar as coisas em perspectiva. Nas palavras de Steve Jobs: você deve se olhar no espelho e pensar “se eu fosse morrer hoje, ainda iria fazer o que estou prestes a fazer?”. Isso joga luz sobre muitos problemas do nosso cotidiano. 

Veja mais: Amo meu bumbum: dicas para tirar aquela foto linda e arrasar nas redes

Como aplicar o pensamento positivo: gratidão

Mas nós dissemos lá no começo do artigo que o pensamento positivo não estava conectado somente às filosofias, mas também teria muita ciência envolvida. E essa ciência está direcionada para a gratidão. 

Segundo os estudos de Robert Emmons, PhD e professor de psicologia da Universidade da Califórnia, praticar a gratidão é uma das maneiras mais rápidas de reprogramar o seu cérebro e fazer ele focar nos pontos positivos do dia.

Se todos os dias, ao final da sua jornada, você separar alguns minutos e fazer uma lista de agradecimentos, em menos de três semanas terá inúmeras conexões neurais focadas em observar o lado bom das situações.

Essa lista de agradecimentos não precisa ser complexa, nem contar com coisas fundamentais e impressionantes – você pode agradecer simplesmente por ter feito um almoço agradável, por estar bem de saúde, por conseguir chegar em casa no horário desejado.

O importante é que o exercício seja feito diariamente. De modo que você crie o hábito de olhar para as coisas positivas na vida.

Esse estudo é tão sério que ele foi embasado pelo Dr. Liz Gulliford, Phd da Universidade de Northampton e Tony Manela, da mesma universidade. (as fontes você pode ver aqui)

Leia em seguida: Vamos treinar as pernas: uma sequência incrível de exercícios para definir as coxas e os glúteos

Como colocar o pensamento positivo no seu dia a dia

O pensamento positivo diário ajuda na manutenção do humor, melhora o sistema digestivo, lhe dá ferramentas mentais para lidar com os problemas. Os estudos apresentados mostraram que as pessoas com pensamento positivo respondem melhor aos desafios no trabalho e são mais felizes na vida pessoal.

Por todas essas razões nós indicamos que você inicie hoje mesmo a sua lista de agradecimentos. Comece colocando um despertador no seu smartphone e fazendo uma lista com apenas 3 itens. 

Amanhã faça o mesmo, e no dia seguinte, até que você sinta que pode aumentar essa lista para 5, 10, 20 itens. 

Chegará o dia em que você terá uma lista incrível de agradecimentos todos os dias. Remodelando o seu cérebro e sendo uma pessoa, verdadeiramente, positiva.

Esperamos que o artigo de hoje tenha lhe trazido ótimas ideias. 

Se você gostou do conteúdo, continue acompanhando o nosso Blog. Estamos sempre trazendo dicas, segredinhos e novidades sobre bem-estar, autoestima, saúde e beleza.

Agradecemos a leitura e até loguinho. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *