Detox a favor do organismo

Bem estarSaúde

Muitos mitos e receitas milagrosas existem em torno da palavra detox. Antes de começar a falar sobre desintoxicação é preciso entender o que são essas toxinas.

Detox de quais toxinas?

O nosso corpo elimina certas “toxinas”, ou escórias, de forma constante e naturalmente. Neste sentido, o fígado é o responsável por fazer o detox do corpo e essas substâncias que estão em excesso são eliminadas através da urina, das fezes e do suor.

Com a industrialização da vida humana, diversas toxinas prejudiciais ao funcionamento do organismo começaram a fazer parte da nossa rotina através das bebidas, comidas industrializadas, álcool, alimentos com agrotóxicos entre outros. Podemos dizer que a industrialização é a grande responsável por trazer toxinas que antes eram desconhecidas do nosso organismo para dentro dele.

A alimentação é a forma mais rotineira de se consumir toxinas. Através da ingestão de alimentos com agrotóxicos, por exemplo, acabamos ingerindo também substâncias que em grande quantidade podem nos levar a doenças graves. Algumas das substâncias mais comuns encontradas em alimentos contaminados ou ultraprocessados são:

Agrotóxicos, encontrados em legumes, frutas e vegetais. (Com intuito de controlar e padronizar a agropecuária, os agrotóxicos, que à primeira vista podem parecer uma grande solução para a indústria, trazem diversos prejuízos para a saúde.)

Conservantes,substâncias químicas utilizadas para conservar e dar sabor a alimentos ultraprocessados. Gorduras saturadas, conservantes, sódio, açúcares e outros, são um risco à saúde e ajudam no acúmulo das toxinas do corpo.

Metais pesados,muito encontrados em peixes e produtos da agropecuária, consequência da poluição dos mares, rios, oceanos e lençóis freáticos.

Medicamentos e produtos de criação,encontrados em grande parte da carne vendida no mercado, podem conter toxinas problemáticas para a nossa saúde. Isso porque a ração que alimenta esse animais, entre outros insumos para a criação,  são modificadas para fazer com que o animal fique maior e mais gordo, de forma forçada.

O nosso organismo quer ser detox

Para a nossa sorte o corpo está do nosso lado! Ele sente a necessidade de expulsar essas toxinas e as práticas detox surgiram justamente para ajudar nesta tarefa. Entre a prática mais deliciosa estão os sucos detox, que tem diversas receitas e variações, como o suco verde.

Ou seja, fazer um detox é muito mais complexo e benéfico do que uma simples dieta para emagrecer. Primeiro, vale bastante a pena repensar o seu consumo e os ingredientes que compõem o seu prato de comida. Se quiser ficar longe das toxinas, opte sempre pelo mais natural e orgânico possível.

Alguns vegetais orgânicos não são mais caros que os vegetais não orgânicos. Muitas vezes podem ser até mais baratos do que aquela folha já lavada, empacotada, mas que contém agrotóxicos. O tomate e o pimentão são dois itens que possuem uma alta quantidade de agrotóxicos devido às dificuldades para a sua criação. Nestes casos, o preço do orgânico acaba sendo mais salgado.

Aromaterapia como detox

A aromaterapia favorece de muitas maneiras o detox. Desde um ponto de vista nutritivo até do ponto de vista energético. O nosso Blend Detox, por exemplo, combina o óleo essencial de limão siciliano, que é um limpador orgânico, para auxiliar na desintoxicação do sangue. Já o óleo essencial de alecrim  possui uma ação antioxidante muito forte, retirando radicais livres (toxinas) do sangue e também auxilia  na digestão. O nosso Blend Detox conta ainda com o óleo de hortelã, que promove alívio, analgesia e relaxamento da face.

Como tudo que está relacionado ao autocuidado, ter uma boa alimentação e hábitos saudáveis ajuda muito em uma dieta detox. Mesmo que a sua alimentação seja impecável, excessos podem acontecer. Fazer uso do Blend Detox, procurar receitas de suco e testar sabores inusitados com as frutas e verduras da sua casa pode ser muito divertido e revigorante.

Boa sorte no seu detox!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.